Valorização Profissional

Conheça o trabalho das médicas e médicos-veterinários em supermercados

Educação Continuada

Simpósio Mineiro de Equinocultura é realizado com apoio do CRMV-MG

Educação Continuada

Artigo técnico analisa aplicabilidade da acupuntura em pequenos animais

Conselho Ativo

CRMV-MG participa de reunião sobre estratégias para tornar Minas Gerais livre de Febre Aftosa sem vacinação

Educação Continuada

Conselho apoia realização de curso sobre Dermatologia Veterinária

Conselho Ativo

22/01/2019

CRMV-MG realiza reunião de planejamento de ações de resgate de animais em situações de desastres ambientais.

Por meio da Comissão de Bem-estar animal, o CRMV-MG realizou na última sexta-feira (18), uma reunião de planejamento de ações de resgate de animais em situação de desastre. O encontro ocorreu na sede do Conselho, em Belo Horizonte, no intuito de fomentar a criação e a capacitação de uma equipe de médicos veterinários capacitada para integrar uma força de socorrimento a animais, junto aos órgãos competentes, como a Defesa Civil, em ocasiões de desastres ambientais. A reunião contou com a participação do presidente do CRMV-MG, dr. Bruno Divino, da presidente da comissão de bem-estar animal do CRMV-MG, dra. Ana Liz Bastos, de representantes da polícia militar, da defesa civil, da coordenadoria de defesa da fauna do Ministério Público de Minas Gerais, e de médicos veterinários voluntários que atuarão no resgate e tratamento de animais em ocasiões de desastres.

Presidente da comissão de bem-estar animal, dra. Ana Liz Bastos destacou a necessidade de preparação dos profissionais que atuarão em ocasiões de desastres ambientais, como o do desastre de Mariana. “É de fundamental importância montarmos uma equipe de trabalho para agir em casos de desastres ambientais, como em enchentes e queimadas. Desde a tragédia de Mariana, na qual eu participei e coordenei um grupo de voluntários, atuamos sempre que tem uma questão como esta. Fomos a Rio Casca em dezembro de 2017 com o apoio do CRMV-MG, onde aconteceu uma tragédia em virtude das chuvas, e sentimos falta de um preparo dos profissionais para estas situações”, afirmou a médica veterinária.

O coordenador adjunto de Defesa Civil do estado de Minas Gerais, Flávio Godinho Pereira, ressaltou a relevância da preparação para ações em ocasiões de desastres. “O momento de crise é inesperado e as respostas tem que ser imediatas, tanto para as pessoas quanto para os animais que vivem nas comunidades. Ter o apoio do Conselho junto aos órgãos estaduais para socorrimento com pessoas capacitadas e com pessoas em condições de prestar auxílio, vai facilitar muito a resposta nestas ocasiões de desastres ambientais”, avaliou o também tenente-coronel da Polícia Militar.

Subchefe da seção de planejamento e operações do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais, o major Rodrigo Antônio Batista de Paula ressaltou a relevância de promover-se um olhar diferenciado para o resgate de animais. “A reunião foi extremamente válida, porque em situações de grandes desastres ambientais, há uma preocupação de se atender a todos os setores envolvidos, e muitas vezes, a atenção fica mais voltada para os seres humanos e seus bens materiais, deixando a questão animal subjugada em determinados momentos. Então ter o envolvimento do CRMV-MG, com profissionais engajados em atuar em situações de desastre, traz um ganho tremendo para as operações desenvolvidas, promovendo o resgate e o tratamento aos animais atingidos por estes eventos”, avaliou.