Valorização Profissional

Conheça o trabalho das médicas e médicos-veterinários em supermercados

Educação Continuada

Simpósio Mineiro de Equinocultura é realizado com apoio do CRMV-MG

Educação Continuada

Artigo técnico analisa aplicabilidade da acupuntura em pequenos animais

Conselho Ativo

CRMV-MG participa de reunião sobre estratégias para tornar Minas Gerais livre de Febre Aftosa sem vacinação

Educação Continuada

Conselho apoia realização de curso sobre Dermatologia Veterinária

Conselho Ativo

26/08/2019

CRMV-MG autua clínica por falta de registro, de RT, e dá orientações sobre projeto castração.

Durante os trabalhos de fiscalização realizados nesta quinta-feira (22), em Sete Lagoas (MG), o CRMV-MG autuou uma clínica por falta de registro no Conselho, e de Responsável Técnico. O fiscal do Conselho, Sérgio Duarte, também orientou a médica-veterinária responsável pelo estabelecimento, sobre quais são os procedimentos para a realização de um projeto de castração dentro das normas determinadas pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária.

“Lavramos o auto de infração, e a profissional tem o prazo de 30 dias para se regularizar, registrando a clínica e o RT junto ao conselho, do contrário, será multada” explica Sérgio Antônio Duarte, fiscal responsável pela ação. A médica-veterinária pode ainda responder por processo ético-profissional pelas irregularidades.

O Conselho chegou ao estabelecimento após constatar uma denúncia de que seria realizada uma campanha de castração. Assim, a fiscalização do CRMV-MG a orientou sobre como proceder para que o projeto esteja dentro da legalidade, conforme preconiza a Resolução CFMV Nº 962, de 2010.